UM PINÓQUIO MATREIRO

A releitura de Guillermo del Toro do clássico italiano chega esta quinta-feira, 24, aos cinemas e dia 9 à Netflix.

PHM

2022-11-24T08:00:00.0000000Z

2022-11-24T08:00:00.0000000Z

Cofina

http://quiosque.cofina.pt/article/283416310671978

Cinema

A HISTÓRIA, já a conhecemos bem: originária do livro de 1883 de Carlo Collodi e mais celebremente levada ao cinema pela Disney em 1940 (apenas a segunda longa-metragem da produtora), a personagem da marioneta de madeira que ganha vida e cujo nariz cresce quando mente deixou uma marca indelével na cultura popular. A versão de Guillermo del Toro, originalmente concebida em 2008 e que passou anos entalada por falta de financiamento, no entanto, vem acrescentar novas nuances à narrativa: além de ser enquadrada no fascismo italiano dos anos 30, é protagonizada por um Pinóquio pernicioso, mais interessado em pregar partidas e semear o caos do que em ser um bom rapaz. Além de ser a primeira versão animada em stop motion (técnica de fotografia quadro a quadro que dá a ilusão de movimento), este Pinocchio de Guillermo del Toro ostenta um elenco de luxo, que inclui as vozes de Ewan McGregor, Cate Blanchett, John Turturro, Tilda Swinton, Christoph Waltz e Finn Wolfhard. ●

pt-pt