EUROPA ACUSA FIFA DE “CORRUPÇÃO”

Eurodeputados criticam o organismo máximo do futebol mundial e exigem “procedimentos democráticos e transparentes”

PAULO JOÃO SANTOS* *COM LUSA

2022-11-25T08:00:00.0000000Z

2022-11-25T08:00:00.0000000Z

Cofina

http://quiosque.cofina.pt/article/282432763163176

ESPECIAL

OrParlamento Europeu (PE) aprovou ontem uma resolução em que critica duramente a FIFA pela atribuição do Mundial ao Qatar, considerando “credíveis” as alegações de “suborno e corrupção”. Os eurodeputados descreveram a corrupção na FIFA como “desenfreada, sistémica e profundamente enraizada”, acrescentando que aquele organismo “prejudicou gravemente a imagem e a integridade do futebol a nível mundial”. Defendem, por isso, reformas profundas no organismo máximo do futebol mundial, que devem incluir “a introdução de procedimentos democráticos e transparentes” na atribuição dos campeonatos, bem como a “implementação rigorosa de critérios de direitos humanos e sustentabilidade para os países de acolhimento” das provas. Ou seja, estas competições “não devem ser concedidas a países onde os direitos fundamentais e humanos são violados e onde a violência sistemática de género prevalece”. Por último, o PE entende que o Qatar e a FIFA devem compensar as famílias dos milhares de trabalhadores migrantes que morreram na construção dos estádios e das restantes infraestruturas do torneio. Os eurodeputados lembraram, ainda, às empresas europeias no Qatar que têm de respeitar os direitos dos trabalhadores.n

pt-pt